quarta-feira, dezembro 05, 2012

A fresh start



Depois do drama do meu epic fail da semana passada, nesta as coisas se ajeitaram. Pelo menos tão andando num ritmo mais regular, mais certinho. Dieta a todo o vapor. Uma das mudanças causadas pelo novo comportamento e tentativas é que tenho conseguido preparar minhas refeições. Arrecado tudo que consigo de verduras na casa do namorado (que produz verduras), compro tudo o que falta na segunda-feira e preparo todos os dias as minhas refeições para levar para o trabalho. Como optei por fazer academia no horário do almoço, saio correndo e volto correndo para dar tempo de comer no trabalho mesmo. Achei que não ia dar conta de fazer isto, mas tem dado certo. E o momento em que paro para preparar tudo, lavar as verduras, lavar as frutas, cortar, colocar nos potinhos acaba sendo um tempo em que limpo a minha cabeça, me dedico só para mim, e essa sensação faz muito bem.



Outra coisa que providenciei foi arrumar a casa. Eu tenho essa sensação de que quando a casa tá bagunçada, a vida tá bagunçada. E como a intenção é sair da bagunça para mudar, nada melhor do que começar por ela. Consegui jogar muito papel fora, ajeitar as prateleiras, a sala, o banheiro. O próximo passo é uma arrumação total no guarda-roupas, já que o calorão taí e eu ainda não tirei a maioria dos blusões que estão ali dentro. Vamos ver se consigo chegar aqui semana que vem faceira por ter feito a minha arrumação.

Esta semana, na sexta-feira, encaro a avaliação física. Odeio me pesar. Odeio me medir. Mas não tem jeito. Preciso ter um parâmetro para avaliar o que está acontecendo e o que vai acontecer neste tempo de academia. Eu até me divirto nas aulas, elas tão me ajudando não só na questão física, elas me deixam mais centrada, mais focada e depois de muito correr e pular, com a cabeça limpa. Tenho gostado mesmo. Mas tenho essa necessidade de saber se está dando certo e o quanto está dando certo. Até para poder mudar tudo se não estiver. Eu realmente preciso saber. A gente sempre sai meio triste da primeira avaliação física, mas espero que na próxima, lá por março, eu fique bem feliz com os resultados de tanto esforço.

E segue o baile!

Tudo bem com vocês?

Até semana que vem,

Paula C.


Comentários
7 Comentários

7 comentários :

  1. Oi, Paula!
    Que alegria ver tantos progressos em uma só semana!
    Me identifiquei tanto com teu post que eu mesma podia ter escrito. hehehe
    Sou igualzinha no quesito bagunça. Se a casa tá bagunçada, o resto já não funciona. E vc arrumando o almoço tb me lembrou de mim mesma: qdo eu tô mto irritada ou triste com alguma coisa, começo a arrumar alguma coisa em casa, como se aquilo pudesse arrumar o que está me incomodando.
    Parabéns pelo teu progresso! Que a próxima semana seja ainda melhor!
    Beijinhos,
    Paula

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa coisa de arrumar a refeição é bem uma sensação de autoestima positiva, de estar, de fato, fazendo algo por mim. E é tri bom, né?

      beijocas, queri!

      Excluir
  2. Ahhh vem aqui em casa e lava verdurinhas pra mim?? Po favor!! É serio, eu as vezes mando as verduras pra minha mãe pra ela lavar e ai eu como um montão! Vai entender? Olha se vc somar os pontos positivos desse ano verá que foram maiores que os pontos negativos! Eu vejo vcs duas em constante evolução! É sério! Vc está de parabens por não desanimar, não estagnar! Beijos e beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a gente toca o barco pra frente! retroceder, jamais!
      menina, enche a pia de água, coloca um colher de chá de cloro (ou água sanitária), atira as verduras todas ali. Daí é só deixar um tempinho e já dá pra guardar até embalado e separado na geladeira! Facinho, facinho!
      ;)

      brigadinha, viu?

      beijo

      Excluir
  3. Paula C.;
    Essa da bagunça em casa também é comigo pois atrapalha o meu cérebro.
    Muitos progressos e muitos parabéns por isso.

    Ficam aqui os esclarecimentos para a Taís e Paula quanto aos meus objectivos a 6 meses:
    - "porta galinheiro" é mesmo uma porta para o galinheiro para ver se as minhas galinhas ficam mais delimitadas para eu ficar com uma passagem para mim e para as cadelas pois agora elas ficam atravessadas no meio do caminho...e as minhas cadelas chamam-lhes um frango assado se lhes passam perto (hihihi) Por isso vou mesmo construir (ou esforçar-me) uma porta em madeira para as fechar numa zona restrita.
    - "limpezas" consiste em fazer meditações específicas para mandar alguma tralha emocional e energética para fora do nosso corpo. É muito bom mas, como tudo, implica disciplina.

    beijocas e é um prazer juntar-me a vocês e juntas conseguiremos ganhar mais batalhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso aí! adeus, bagunça!
      ;)

      brigadinha, querida!

      beijo

      Excluir

Adoramos saber o que você pensa! Compartilha com a gente!